Loading...

Tech Visa atrai talento

Home / Notícias / Tech Visa atrai talento

O Programa Tech Visa define o regime de certificação das empresas portuguesas tecnológicas e inovadoras que pretendam acolher nacionais de estados terceiros para desenvolver uma atividade altamente qualificada em Portugal.

Aprovado pela Portaria 328/2018, de 19 de dezembro, o Tech Visa pretende tornar mais eficiente a concessão de visto de residência, ou atribuição de autorização de residência, para trabalhadores imigrantes altamente qualificados, que pretendam trabalhar em Portugal, apoiando desta forma as empresas a atrair e reter talento especializado.

As empresas elegíveis que a lei define são «as empresas que desenvolvam atividade na área da tecnologia e inovação, que pretendam contratar nacionais de estados terceiros altamente qualificados». E, desde do iníco de 2019, desde de 2 de janeiro, as empresas podem fazer a sua candidatura no website do IAPMEI, I.P., clique AQUI.

A medida Tech Visa, inscrita na Estratégia Nacional para o Empreendedorismo StartUP Portugal, foi criada com o objetivo de garantir que quadros altamente qualificados, especialmente da área tecnológica, de fora da União Europeia, possam aceder aos empregos criados pelas empresas nacionais, de forma simplificada.

Este programa dirige-se a empresas tecnológicas e inovadoras, inseridas no mercado global, que pretendam atrair para Portugal quadros altamente qualificados e especializados oriundos de países não inseridos no Espaço Schengen.

O IAPMEI será responsável pela análise da elegibilidade e do mérito das empresas candidatas, envolvendo várias entidades, como o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e a Direção-Geral dos Assuntos Consulares no processo de atribuição de vistos de residência para os profissionais contratados pelas empresas certificadas.

A avaliação será baseada no potencial, grau de inovação tecnológica e na orientação para a internacionalização das empresas, não podendo estas possuir mais do que 50% de trabalhadores contratados em simultâneo ao abrigo do Tech Visa, sendo esse limite de 80% para empresas do interior.