O Regresso do Público aos Estádios de Futebol

Home / COVID-19 / O Regresso do Público aos Estádios de Futebol

Inicia-se hoje a segunda fase do regresso do público aos estádios de futebol com o jogo de preparação entre Portugal e Espanha, com início marcado para as 19h45 e que preencherá 5% da lotação do Estádio José Alvalade, ou seja, 2500 bilhetes.

Não obstante as medidas do estado de contingência, que entraram em vigor no passado dia 15 de setembro, preverem expressamente a proibição de público nos recintos desportivos, foi aprovado o plano de três fases delineado pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) para o regresso do público aos estádios, que teve início no passado sábado, dia três de outubro, com o jogo da I Liga entre Santa Clara e Gil Vicente. O futebol profissional volta, assim, a abrir portas ao público, permitindo à LPFP concluir a forma como o público chega aos estádios, os circuitos de acesso e a sinalética que é necessário implementar. No entanto, este passo apresenta-se como um “teste à cidadania, responsabilidade individual e coletiva” no combate à pandemia da COVID-19, sob pena da sua reversibilidade.

Os bilhetes para a partida foram distribuídos online e cada adepto estará devidamente identificado, tendo em conta que cada bilhete corresponde um email com os respetivos contactos de quem estará no estádio. Será obrigatório o uso permanente de máscara, encontrando-se disponíveis vários pontos de higienização das mãos nas entradas do estádio, onde será feito o controlo da temperatura (quem apresente igual ou superior a 38 graus não terá autorização para entrar). Relativamente aos lugares, foram atribuídos com distanciamento físico e a entrada é desaconselhada a crianças, pessoas com mobilidade reduzida ou pertencentes a grupo de risco para a COVID-19.

As portas do Estádio José Alvalade, em Lisboa, abrem a partir das 18:00.

A equipa multidisciplinar da N-Advogados continuará a acompanhar as alterações legislativas e medidas adotadas, de forma a informar e prestar sempre todo o apoio necessário. Para mais informações, contacte-nos.

 

N-Advogados
Solidez. Confiança. Resolução. Credibilidade.
Braga. Porto. Lisboa. Funchal.
Portugal. Angola. Moçambique.
Advogados. Lawyer